sexta-feira, 15 de novembro de 2019

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

Todo 15 de novembro, os brasileiros celebram a Proclamação da República do Brasil por Deodoro da Fonseca. O Dia da Proclamação da República do Brasil é um feriado nacional.

Fonte/Link: Feriados do Brasil


Origem da Proclamação da República do Brasil

No fim do XIX século, o Brasil entra em uma crise política, econômica e social. Em 1889, o Imperador Pedro II, aos 58 anos está muito doente e sem filhos. Dom Pedro II teve apenas filhas, e sua filha mais velha, a princesa Isabel, está prometido para o francês Gaston d’Orléans. A classe média brasileira aproveitou a oportunidade e começa a exigir mais participação na política e na aplicação dos ideais republicanos. Por outro lado, a Guerra da Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai contra o Paraguai 1864-1870) financiada pelo capital externo esvaziou os cofres do país. Brasil deve reembolsar pesadas dívidas e a inflação surge.
A nível social, o fim do comércio de escravos encontra uma forte resistência das elites conservadoras, que reivindicam compensações do Estado. A abolição da escravatura em 1888 foi um ponto importante, os grandes proprietários de terras apoiam a causa republicana, eles acreditam que não mais um benefício para apoiar a coroa. A igreja também não apoia mais o regime do Imperador: o clero se volta contra Dom Pedro que aprisionou clérigos, o que levou à desobediência dos bispos. Todos esses fatores sugerem o fim da monarquia.

Golpe de estado

Apesar das tentativas de reforma pelo Visconde de Ouro Preto, o Marechal Deodoro da Fonseca. Foi em 1889, que o Marechal reuniu um grupo de soldados do exército brasileiro, estabelecendo um golpe de Estado e depondo Dom Pedro II do trono brasileiro. Em 15 de novembro, no Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil, foi proclamada a República do Brasil. Rui Barbosa, assinou o primeiro decreto do novo regime, estabelecendo um governo provisório. Previsto para 20 de novembro, porém o golpe foi antecipado por causa de rumores da prisão de Marechal Deodoro da Fonseca.
Pouco depois de derrubar o Presidente Afonso Celso de Assis Figueiredo, o Visconde de Ouro Preto, termina com o confinamento da família real dentro do palácio, o Imperador e sua família partem em 17 de novembro. A monarquia tenta reagir, mas é suprimida, fortemente, pelos republicanos e nem Pedro II, nem sua filha apoiam a restauração do regime imperial. Mantidos fora do golpe e observando a aceitação passiva da situação pelo imperador, os políticos aprovaram a substituição da monarquia por uma república.

Hino da Proclamação da República

Hino é escrito por Medeiros de Albuquerque, e composição de Leopoldo Miguez
Seja um pálio de luz desdobrado.
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus!
Seja um hino de glória que fale
De esperança, de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!
Nós nem cremos que escravos outrora
Tenha havido em tão nobre País…
Hoje o rubro lampejo da aurora
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais! Ao futuro
Saberemos, unidos, levar
Nosso augusto estandarte que, puro,
Brilha, ovante, da Pátria no altar!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!
Se é mister que de peitos valentes
Haja sangue em nosso pendão,
Sangue vivo do herói Tiradentes
Batizou este audaz pavilhão!
Mensageiros de paz, paz queremos,
É de amor nossa força e poder
Mas da guerra nos transes supremos
Heis de ver-nos lutar e vencer!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!
Do Ipiranga é preciso que o brado
Seja um grito soberbo de fé!
O Brasil já surgiu libertado,
Sobre as púrpuras régias de pé.
Eia, pois, brasileiros avante!
Verdes louros colhamos louçãos!
Seja o nosso País triunfante,
Livre terra de livres irmãos!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Fiscalização nas rodovias federais de PE no feriado utiliza aparelho que indica em segundos se motorista ingeriu bebida alcoólica

Etilômetro passivo é utilizado pela primeira vez no estado, de acordo com a PRF. Iniciada nesta quinta-feira (14), Operação Proclamação da República segue até domingo (17).

Etilômetro passivo dá o resultado em até 10 segundos — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou, nesta quinta-feira (14), a Operação Proclamação da República 2019 nas rodovias federais de Pernambuco. Para melhorar a fluidez do trânsito e reduzir acidentes graves, a ação é realizada até domingo (17), com reforço na fiscalização, nas atividades policiais e nas abordagens educativas nas estradas.
Durante a fiscalização, policiais rodoviários federais utilizam, pela primeira vez em Pernambuco, o etilômetro passivo, segundo a corporação. O equipamento indica se o motorista ingeriu bebida alcoólica sem a necessidade de soprar no bocal.
“Após o motorista falar na direção do aparelho, uma luz verde ou vermelha se acende. Com a luz verde, o condutor é liberado. Com a luz vermelha, ele é convidado a fazer o teste no etilômetro tradicional”, afirmou a PRF em nota.
A utilização do aparelho, que demora de 5 a 10 segundos para liberar o resultado, tem a intenção de fazer uma triagem, possibilitando uma liberação mais rápida do motorista que não apresenta vestígio de álcool, de acordo com a PRF. O teste com um bafômetro tradicional leva, em média, dois minutos para ser finalizado.
Etilômetro passivo indica se o motorista ingeriu bebida alcoólica sem a necessidade de soprar no bocal — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
A multa para o motorista flagrado sob efeito de álcool é de R$ 2.934,70. O condutor também pode ter suspenso o direito de dirigir por 12 meses, além de poder ser encaminhado a uma delegacia da Polícia Civil, conforme o índice verificado no bafômetro.
Durante a operação, também são verificados a documentação pessoal e do veículo e o uso do cinto de segurança, além de serem realizadas ações educativas para orientar os motoristas e passageiros sobre a conscientização para um trânsito mais seguro.
Com relação ao combate ao crime, a ação busca coibir assaltos, porte ilegal de arma, receptação de veículos roubados e o tráfico de entorpecentes. Em caso de emergência, a PRF pode ser contactada pelo telefone 191.
Fonte/Link: G1 PE

Proposta de Bolsonaro e Guedes desobriga Estado de fazer escolas públicas para privilegiar ensino privado


Paulo Guedes com Bolsonaro e Elizabeth Guedes com Abraham Weintraub (Montagem).

Dia a dia vão se descobrindo os verdadeiros propósitos da Proposta de Emenda à Constituiçao (PEC) do Pacto Federativo. Apresentada por Jair Bolsonaro e Paulo Guedes para “modernizar” o Estado, a PEC é recheada de “jabutis” que promovem a implantação de medidas neoliberais para acabar com a atuação do poder público e privilegiar a iniciativa privada.
Uma das propostas da PEC desobriga o poder público de expandir a rede escolar em regiões com carência de vagas para alunos. O objetivo é expandir a participação do ensino privado no país. Guedes ainda é defensor da ideia de fornecer “vouchers” a alunos que estariam na rede pública para pagarem com dinheiro do Estado escolas particulares.
Com livre acesso ao Planalto, a irmã de Paulo Guedes, Elizabeth Guedes, é vice-presidente e proprietária da Associação Nacional de Universidades Privadas (Anup), que representa os interesses de grandes monopólios educacionais, como Anhanguera, Estácio, Kroton, Uninove e Pitágoras, que também atuam no ensino fundamental.
A atuação dela há praticamente três décadas é fazer lobby junto ao setor público para privilegiar o ensino privado. Com a ascenção do irmão ao governo, Elisabeth se infiltrou ainda mais no poder público para propor suas ideias e já se reuniu até mesmo com Jair Bolsonaro.
Segundo levantamento do site Metrópoles, em 2018, Elizabeth teve apenas 17 reuniões com membros do governo registradas no ano. Até julho de 2019, porém, ela já encontrou-se com autoridades do primeiro ou do segundo escalão do governo em ao menos 35 eventos formais – um deles com Bolsonaro.
Acordo no MEC
No dia 6 de Novembro, Elizabeth Guedes participou ao lado do ministro da Educação, Abraham Weintraub, da cerimômnia de assinatura de um protocolo de cooperação entre o Ministério da Educação (MEC) e associações e entidades do ensino superior.
O projeto tem como objetivo permitir que instituições de ensino superior participantes disponibilizem conteúdos, professores e espaços físicos, como laboratórios, sala de computadores, música e quadras de esporte.
O acordo será firmado entre as instituições e as secretarias de Educação municipais e estaduais.
Fonte/Link: Ação Popular

Cúrcuma e alçafrão: entenda suas diferenças e benefícios para a saúde

Quando o assunto é alimentação, sabemos que os temperos dão um "sabor a mais" em nossas comidas também podem apresentar propriedades terapêuticas. A cúrcuma e o açafrão, além do aroma, cor e sabor, são bastante nutritivos. Você conhece a diferença entre eles?
Foto: reprodução

O que são?

São duas plantas distintas, mas com cores bastante parecidas e, propriedades medicinais semelhantes. A cúrcuma (curcuma longa) é conhecida também como açafrão-da-terra, possui um rizoma subterrâneo e é da mesma família do gengibre. Já o açafrão é proveniente dos estigmas de flores da planta crocus sativus. 
Muitos estudos indicam que as propriedades encontradas no açafrão são atribuídas em especial aos carotenoides - crocina e safranal -, com propriedades antioxidantes e coletores seletivos de radicais livres. “O açafrão vem mostrando efeitos positivos em aplicações ainda mais abrangentes, incluindo antidepressivas e anticonvulsivantes, analgésicas, anticâncer e outros efeitos terapêuticos em diferentes partes do corpo, como cardiovascular, imunológico, visual, respiratório, geniturinário, sistema nervoso central e para desordens digestivas”, explica a médica Drª. Elisa Urban. 
Benefícios
Na área da saúde, a curcumina, com seu tom amarelo-ouro vibrante, atua como um anticancerígeno, ajuda a reverter a resistência à insulina, a equilibrar o nível de colesterol ao reduzir o colesterol de baixa densidade (LDL) e triglicerídeos. Ainda, age também como um coletor seletivo de radicais livres (prevenindo assim o dano oxidativo do DNA), reduz a inflamação sistêmica por regular marcadores inflamatórios e também melhora os sintomas de artrite.
Nas últimas décadas, pesquisadores vêm descobrindo que a depressão maior está associada com uma inflamação crônica, estresse oxidativo e danos microscópicos no nível neural. Devido ao efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes da cúrcuma e do açafrão, ambos demonstram proteger contra uma série de condições degenerativas.
Como aproveitar mais a cúrcuma
Para que a cúrcuma leve benefícios medicinais, através da curcumina, a forma e a concentração são essenciais. Tradicionalmente, na culinária, quando comprada em mercados e feiras a especiaria em pó, o rizoma da planta se encontra seco e moído. O sabor é um pouco amargo, sendo muito usado em pós de curry, mostardas, manteigas e corantes. Nesses casos, a curcumina representa apenas aproximadamente 3% da concentração  – quantidade não suficiente para benefícios significativos.
Já é possível encontrar o extrato de cúrcuma padronizado com 95% de concentração. A procedência e padronização do extrato são fundamentais, pois qualidade tem custo e características bem definidas.
“A biodisponibilidade da curcumina é muito baixa por ser rapidamente metabolizada e eliminada pelo fígado, por isso, sua associação à piperina, um composto natural encontrado na pimenta-preta, ajuda na absorção. Boas fontes de gorduras como a do coco, também potencializam a absorção, uma vez que a cúrcuma é uma substância lipofílica, ou seja, é melhor absorvida em um meio gorduroso”, esclarece a médica.
Fonte/Link: iBahia

Idosa de 114 anos mantém colesterol e pressão estáveis com alimentação à base de frutas e sopas

A moradora cearense Noeme da Silveira chega aos 114 anos de idade com uma lição para quem quer atingir a longevidade: uma alimentação regradas com orientação médica e o cuidado que recebe de familiares. Moradora de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, a idosa Noeme da Silveira Freitas é natural de Fortaleza e nasceu no dia 7 de setembro de 1905. Um comerciante da cidade reivindica Noeme como a mulher mais velha do Brasil.
De acordo com pesquisa atualizada em 2019 do site Gerontology Research Group (Grupo de Pesquisa em Gerontologia), a pessoa brasileira mais velha já registrada é Maria Gomes Valentim, que faleceu aos 114 anos de idade, em 2011. Assim, dona Noeme seria a mulher brasileira mais velha a estar viva no Brasil. 
A idade avançada da idosa chamou a atenção do comerciante José Braga, que logo tratou de tentar repercutir a história da idosa. "Ela é motivo de orgulho para o povo de Caucaia. Fiz de tudo para repercutir, pois ela merece o reconhecimento", diz. 

Cuidados

Idosa de 114 anos pode ser a pessoa viva mais velha do Brasil — Foto: Arquivo pessoal
A saúde da idosa é acompanhada de perto por médicos de Caucaia. Segundo Elizabeth, dona Noeme não possui graves problemas de saúde. Com taxas de colesterol e pressão arterial consideradas normais pelos profissionais, a única enfermidade de dona Noeme está em um problema na glândula tireoide, mas a filha não soube identificar qual é a doença especificamente. 
Quanto à alimentação, a rotina é regrada com variações entre frutas, sopas e canjas. De acordo com a filha, ela só pode comer carne vermelha uma vez por semana, por orientação médica.
Dia a dia
Assistida de perto pela filha Elizabeth, de 74 anos, dona Noeme considera a filha, que não vive a experiência de cuidadora pela primeira vez, uma santa. "Já cuidei de quatro: do meu pai, meus dois irmãos com deficiência e agora ela. Eu perdi minha mocidade só cuidando deles, mas valeu a pena. Eles são sagrados para mim", afirma.
Dona Noeme ficou viúva ao ver o marido falecer aos 98 anos de idade. A filha conta que o relacionamento deles fui duradouro, começando ainda na adolescência. "Meu pai trabalhava perfurando poço perto da casa da minha avó e, por isso, fez amizade com minha mãe. Depois que saíram do colégio, ele se apaixonou e pediu logo em casamento", diz.
O matrimônio contrariou a infância da então jovem Noeme. Logo aos dois anos de idade, ela foi levada a um convento no município de Canindé, no sertão cearense, onde permaneceu até os 18 anos.
A rotina de trabalho de dona Noeme era dura. Ela escolheu a costura como profissão para somar ao marido, que, como servidor público, não conseguia renda suficiente para manter os sete filhos.
Há 15 anos, a idosa perdeu a capacidade de se locomover normalmente. Foi quando, além de cuidadora, Elizabeth virou a 'santa' da mãe. Segundo a filha, o restante da família não presta tanto apoio, a não ser os quatro filhos que ainda estão vivos. "Os bisnetos não vêm muito aqui. No último aniversário dela, chamei todo mundo, mas vieram poucas pessoas. Por isso que ela vive falando que se não fosse eu, ela estaria abandonada".

Fonte/Link: G1 CE

Polícia esclarece inquérito sobre acidente que matou pai e filha em Taquaritinga do Norte

Acidente na BR-104 em Taquaritinga do Norte — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
A Polícia Civil realizou nesta quarta-feira (13), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, uma coletiva para esclarecer os pontos do inquérito policial, sobre o acidente que aconteceu no dia 19 do mês passado, em Taquaritinga do Norte. Na batida três pessoas morreram, entre elas pai e filha.
De acordo com o delegado Luiz Carlos Lins, a polícia iniciou a investigação ouvindo mais de dez testemunhas. Ele disse ainda que diante dos autos do processo, o indiciado seria suspeito de ser o responsável pelo acidente. No dia 6 de novembro o delegado pediu a prisão preventiva do suspeito, mas a promotoria negou o pedido. O caso agora está com o Ministério Público.
A advogada de defesa de uma das vítimas afirmou que a família deseja que seja feita justiça e que o responsável pelo acidente responda judicialmente.
Já o advogado de defesa do suspeito nega algumas informações do inquérito policial, e diz que o cliente dele não tinha ingerido bebida alcoólica, e afirma ainda que o homem não fugiu do local e prestou socorro às vítimas.

Fonte/Link: G1 Caruaru

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Alguém escreveu: ÉTICA

Um pai decidiu levar seus filhos ao circo. 

Ao chegar à bilheteria, pergunta:

 - Olá, quanto custa a entrada  ?

O vendedor responde:

 - R$ 30,00 para adultos e R$ 20,00 para crianças de 7 a 14 anos. 

Crianças até 6 anos não pagam. 

Quantos anos eles têm  ?

 E o pai responde:

 - O menor tem 3 anos e o maior 7 anos.

 Com um sorriso, o rapaz da bilheteria diz :

- Se o senhor tivesse falado que o mais velho tinha 6 anos eu não perceberia, e você economizaria R$ 20,00.

 E o pai responde :

 - É verdade, pode ser que você não percebesse, mas meus filhos saberiam que eu menti para obter uma vantagem e a lembrança desta tarde não seria especial, na verdade seria terrível para o caráter deles.  

 -  Hoje deixo de economizar R$ 20,00, que não me pertenceriam por direito, mas ganho a esperança de que meus filhos saberão a importância de dizer a verdade.

 O atendente permaneceu mudo.

 Também ele teria uma tarde especial para se lembrar. 

Essa história ilustra uma cena em que os filhos presenciam uma atitude correta do pai. 

- EDUCAR é dar o EXEMPLO.🥰

A corrupção começa nos pequenos gestos e são passados às novas gerações como algo comum, que não tem problema. 

Pense nisso...

Dia do Radialista



Coma esses 4 alimentos para ter mais saúde

Confira 4 alimentos que você deve incluir na sua alimentação para ter mais saúde e obter seus melhores benefícios no dia a dia.

Foto: Shutterstock / TudoGostoso
Manter uma alimentação saudável e balanceada é essencial para colher bons frutos na nossa saúde. Existem diversos alimentos que possuem funções e nutrientes essenciais para nossa saúde. Será que você está comendo os alimentos que podem te garantir mais saúde?
Confira os alimentos que vão te dar mais saúde

Ovo - O ovo é uma importante fonte de proteínas, gorduras boas e nutrientes como zinco, ferro e potássio, por exemplo, além de vitaminas do complexo B. Muito consumido por quem quer ganhar massa muscular, o ovo é um grande aliado da saúde do cérebro, melhora os níveis de colesterol, combate a anemia, previne o envelhecimento precoce e atua na manutenção da saúde dos olhos e ossos. Por ser muito versátil, o ovo tem muitos usos dentro da culinária, o que facilita que seu consumo seja frequente para que se obtenha seus benefícios.


Alho - O alho é muito conhecido como tempero, tem sabor e cheiro inconfundíveis, estando sempre presente na cozinha. Além de ser riquíssimo em vitaminas A, B, C e E e minerais como ferro e iodo, o alho é muito conhecido por sua ação antibacteriana e antiviral, sendo um alimento excelente para combater infecções como a da gripe. Ele também é um aliado na regulação da pressão arterial e da saúde dos pulmões, agindo como expectorante. O alho também melhora a circulação sanguínea e é muito útil para quem sofre com problemas de pele como a acne.


Limão - O limão é uma fruta cítrica muito saborosa e que deveria ser consumida todos os dias, seja em forma de suco, tempero ou até em sobremesas. Por ser rico em fibras, ele ajuda no bom funcionamento do sistema digestivo, agindo contra a constipação. Por ser rico em antioxidantes, ele é essencial para manutenção da saúde do sistema imunológico, agindo contra agentes infecciosos. Ele também ajuda na melhora do metabolismo, no controle glicêmico, é diurético e ajusta o pH, que resulta diretamente na melhora da pele.


Canela - A canela é uma das especiarias mais antigas do mundo. Extremamente saborosa e aromática, ela está sempre presente em doces e em comidas orientais. Muito conhecida pela ação termogênica, agindo como acelerador de metabolismo e dando mais energia, a canela também é essencial para dietas reduzidas em açúcar, pois atua diretamente no combate à diabetes e aos altos índices glicêmicos. Ela também é aliada da saúde cardiovascular, ajuda na regularização da pressão arterial e, por conter poderosas propriedades anti-inflamatórias, age no bom funcionamento do sistema imune, evitando doenças infecciosas.


Fonte/Link: Terra

PF invadiu cela de Lula às 6h da manhã para entregar intimação

(Crédito: Ricardo Stuckert)

A Polícia Federal, subordinada a Sergio Moro e Jair Bolsonaro, invadiu a cela do presidente Lula na Superintendência do órgão em Curitiba (PR), na segunda-feira 5/XI, às 6h da manhã.
"Ontem fizeram uma palhaçada comigo. Entraram na cela em que eu estou às 6h da manhã. Como se estivessem fazendo uma coerção!", disse Lula em entrevista a Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania.
O objetivo era entregar uma intimação para Lula depor, quatro horas depois, em ação que tentava prender a presidenta Dilma Rousseff.
Em ação deflagrada nesta terça-feira 5/XI para investigar suposto repasse de R$ 40 milhões a políticos do MDB, a Polícia Federal chegou a solicitar as prisões da presidenta Dilma Rousseff, do ex-ministro Guido Mantega, do ex-presidente do Senado Eunício Oliveira e do ex-senador Valdir Raupp. A PF solicitou, ainda, a prisão preventiva do ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU).
Todos os pedidos de prisão, porém, foram rejeitados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).
Consultada, a Procuradoria Geral da República (PGR) também foi contra a restrição de liberdade de todos eles, alegando que não existem elementos suficientes para justificar a medida.
Os pedidos foram formulados no âmbito de um inquérito que apura suposta “compra e venda” do apoio político do MDB em benefício do PT nas eleições presidenciais de 2014. A PF se baseou - para variar - em delações premiadas do executivo Ricardo Saud, delator do caso J&F, e do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. 
Em agosto, a PF encaminhou ao STF um ofício sigiloso de nove páginas com a relação completa dos pedidos solicitados para a decretação de prisões temporárias, buscas e apreensões e a coleta de depoimentos dos investigados.
Ao Estadão, o ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão, que defende Dilma, afirmou que “é necessário evidenciar que Dilma Rousseff não figura entre os investigados no inquérito e foi chamada exclusivamente para dar esclarecimentos em relação ao caso.”
A tentativa da PF, subordinada a Sergio Moro e Jair Bolsonaro, de prender Dilma vem em meio às escabrosas revelações do caso Marielle e um dia antes do megaleilão da cessão onerosa do pré-sal - aquele que, como bem definiu Dilma, atentado gravíssimo e de prejuízos sem precedentes à nossa soberania.
Fonte/Link: Conversa Afiada

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Uma sopinha é muito bom, é ou não é?


Começa cedo, acaba cedo!

Cuidadora de 46 anos descobre que foi criada como filha no ES por homem que a sequestrou

Crime aconteceu quando Simone tinha dois anos de idade, no interior de São Paulo. Morando em Cariacica com a família que constituiu, ela procura pela mãe biológica.

Simone Garcia procura pela mãe biológica — Foto: Oliveira Alves/TV Gazeta
Uma cuidadora que mora em Cariacica, na Grande Vitória, descobriu aos 46 anos de idade que o homem que acreditava ser seu pai é, na verdade, a pessoa que a sequestrou quando ela tinha apenas dois anos, no interior de São Paulo. A descoberta veio só depois da morte do homem, quando Simone Lopes Garcia resolveu investigar a própria história. Simone agora procura pela mãe biológica, Neide Aparecida Pereira, que ela sabe que hoje tem 66 anos, caso esteja viva.
"O meu sonho é poder abraçar ela, se ela ainda estiver conosco. Mas pelo menos vou ficar feliz de descobrir a verdade", disse.

A investigação de Simone

Simone contou que, depois da morte de Pedro Antônio Garcia em 2006, começou a investigar dúvidas que sempre teve sobre a família, por conta própria. Durante toda a vida, ouviu do pai que a mãe havia morrido, mas nunca acreditou totalmente nisso. Também tinha dúvidas sobre antecedentes criminais dele, porque era um homem muito violento e que a agredia.
"Sempre tive o sonho de ter minha mãe. Como meu pai era uma pessoa muito agressiva, já foi preso aqui por agressão, eu queria saber mesmo como tinha sido, se minha mãe tinha morrido mesmo. Fui atrás do atestado de óbito dela e nunca encontrei", contou.
Ela resolveu procurar pela ficha criminal de Pedro. E foi a madrasta quem contou que ele já havia morado no município de Tanabi, interior de São Paulo.
"Liguei pra delegacia de lá, e me disseram que tinha um crime ligado a ele que tinha gerado um processo, mas me disseram pra ligar pro fórum. Uma pessoa desarquivou o processo a meu pedido. Acabei descobrindo que não era um processo de uma briga qualquer, por exemplo, era de sequestro, do meu sequestro", contou.

O sequestro

No processo no Fórum de Tanabi, Simone descobriu que Pedro, na verdade, foi casado com uma prima do pai biológico dela. Na ação, ela encontrou o boletim de ocorrência registrado pela mãe biológica de Simone, Neide Aparecida Pereira, na Polícia Civil. Ela registrou que, no dia 7 de abril de 1975, foi buscar lenha nas proximidades de casa e, ao retornar, notou a ausência de Pedro e da filha Simone, que na época tinha dois anos.
Boletim de ocorrência registrado pela mãe biológica de Simone contra Pedro — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Informação anexada ao processo do sequestro de Simone — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Depois de fugir da cidade de Tanabi levando Simone, Pedro passou por cidades de São Paulo e Minas Gerais. Visitava parentes da ex-mulher e repetia a mesma história: dizia que a esposa tinha morrido e apresentava Simone como filha do casal.
Ele foi para o Espírito Santo com Simone ainda em 1975, onde se casou e teve mais quatro filhos. Só em 1977 ele registrou a menina com o sobrenome dele.
Simone tem hoje duas certidões de nascimento. Na primeira, foi registrada como Simone Aparecida Pereira dos Santos. Na segunda, Pedro mudou o sobrenome dela para Lopes Garcia. Para isso, ele teve ajuda da ex-sogra.
"Tinha um conflito entre o meu pai e a família da mulher que eu acreditava que era a minha mãe, eles não se entendiam e eu sofria agressões em casa. A minha avó queria me pegar para criar, porque acreditava que eu era filha da filha dela, mas éramos afastadas. Ele ganhou a minha guarda na Justiça, e a última vez que essa minha avó me viu foi quando eu tinha 15 anos", contou.
Simone também contou que era bastante agredida fisicamente pelo pai e pela madrasta. Também era abusada sexualmente por um filho de Pedro, 12 anos mais velho que ela, que um tempo depois ela descobriu que era adotivo.
"Ele abusou de mim dos quatro aos nove anos. Quando eu fiz nove anos, um amigo do meu pai foi lá em casa e perguntou se alguma filha poderia morar na casa dele, para ajudar a cuidar dos filhos dele, brincar, e eu disse que queria ir só para fugir daqueles abusos. Morei na casa dessa família até meus 14 anos e saí porque quase sofri um abuso lá também", lembrou.

O sonho de reencontrar a mãe

Simone sabe que a mãe Neide já não mora mais em Tanabi e que hoje teria 66 anos. Ela conta com a ajuda de uma organização não governamental (ONG) para encontrá-la.
"No relato do Ministério Público que está no processo diz que minha mãe sofreu muito, que me procurou em muitas cidades. Ela era uma pessoa muito humilde, sem condições financeiras, então eu quero sim poder abraçar ela de novo", disse.
Uma das filhas da cuidadora contou que tem dado bastante apoio emocional a ela nesse momento.
Simone e a filha Gabriela moram em Cariacica — Foto: Oliveira Alves/TV Gazeta
"É chocante você saber que foi criada a vida inteira por um homem que você acreditava que era seu pai e de repente não é seu pai, que ele te sequestrou, que te tirou da sua mãe. Pra ela é horrível", disse a filha Gabriela Elen Lopes.
O processo movido contra Pedro foi encerrado um ano depois do sequestro por decisão da Justiça. A mãe biológica de Simone tinha mais dois filhos, que ela também pretende reencontrar. 
"Quando eu sumi, ela tinha apenas 22 anos, então acredito que ela tenha mais filhos até. Quero encontrar todo mundo", contou.
Fonte/Link: G1 ES
Por Fábio Linhares